Mercado de Ações de NASDAQ

O Mercado de Ações NASDAQ, habitualmente conhecido por NASDAQ, é uma bolsa de ações americana. Em termos cota e volume transacionado de mercado, é a maior bolsa de ções dos EUA. A plataforma de transação é da propriedade do NASDAQ OMX Group, que também possui a rede de mercados de ações OMX e várias outras bolsas de ações e opções dos Estados Unidos.

Para qualificar para a listagem na bolsa, uma empresa deve estar registada na Comissão de Valores Mobiliários e Bolsista dos Estados Unidos (SEC), deve ter pelo menos três marcadores de mercado (as firmas financeiras que atuam como corretores ou revendedores para específicos valores mobiliários) e devem cumprir os requisitos mínimos para ativos, capuital, ações públicas e acionistas.

En fevereiro de 2011, no despertar da anunciada fusão da NYSE Euronext com a Deutsche Börse, a especulação desenvolveu que a NASDAQ OMX e a IntercontinentalExchange (ICE) podiam apresentar uma contra-proposta própria pela NYSE. A NASDAQ OMX poderia estar prestes a adquirir a o negócio da bolsa de equidades a dinheiro americana, os negócios derivados da ICE. Na altura da especulação, “o valor de mercado da NYSE era de $9.75 biliões. A Nasdaq tinha o valor de $5.78 biliões, enquanto a ICE estava avaliada em$9.45 biliões.” Posteriormente no decorrer do mês, reportou-se que a Nasdaq estava a considerar pedir quer à ICE como à Chicago Merc para se juntarem naquilo que provavelmente teria de ser, se tivesse ido avante, uma contra-proposta de $11 a $12 biliões.

A Associação Europeia do Sistema de Cotação Automática de Negociantes de Valores Mobiliários (EASDAQ) foi originalmente fundada como um equivalente à NASDAQ. Foi comprada pela NASDAQ em 2001 e passou a ser a NASDAQ Europa. Contudo as operações foram terminadas, como um resultado da explosão da bolha dot-com. Em 2007, a NASDAQ Europa foi retomada comoEquiduct, e está atualmente a operar na Börse Berlin.

Em 18 de junho de 2012, a NASDAQ passou a ser um membro fundador da inciativa de Bolsa de Valores de Ações Sustantáveis das Nações Unidas na vésperar da Conferência das Nações Unidas sobre o Desenvolvimento Sustentável (Rio+20).

Em 2013, a NASDAQ OMX foi abordada por uma firma privada de equidades, o Grupo Carlyle, para fazer com que o operador bolsista fosse privado, mas as conversações não prosseguiram muito mais, devido a um desacordo sobre o preço.