Bolsa de Valores de Hong Kong

A Bolsa de Valores de Hong Kong (HKEx) é uma bolsa de valores localizada em Hong Kong. É a segunda maior bolsa de valores da Ásia em termos de capitalização de mercado, atrás da Bolsa de Valores de Tóquio, e a sexta maior no mundo, atrás da Euronext. Desde 30 de novembro de 2013, a Bolsa de Valores de Hong Kong teve 1.615 empresas listadas, 776 das quais do território principal da China, 737 de Hong Kong e 102 do estrangeiro (ex. Cambodja, Itália, Cazaquistão, etc.) a empresa que detém a bolsa é a Hong Kong Exchanges and Clearing.

Os registos de transações de valores mobiliários datam de 1866. Em 1891 quando a Associação de corretores em Hong Kong foi estabelecida, Hong Kong teve o seu primeiro mercado bolsista formal. Foi renomeado para Bolsa de Valores de Hong Kong em 1914. Em 1972, Hong Kong tem quatro bolsas de valores em operação. Houveram chamadas subsequentes para a formação de uma bolsa de valores unificada. A Bolsa de Valores de Hong Kong Limited (a Bolsa) foi incorporada em 1980 e a transação na Bolsa finalmente iniciou-se a 2 de abril de 1986. Desde 1986, uma série de maiores desenvolvimentos ocorreram. O crash de mercado de 1987 revelou falhas no mercado e levou a pedidos para uma reformulação completa da indústria de valores mobiliários de Hong Kong. Isto levou a alterações significativas e desenvolvimentos infraestruturais. Como resultado, a Comissão de Valores Mobiliários e Futuros (SFC) foi composta em 1989 como o único regular estatuário do mercado de valores mobiliários. A infraestrutura do mercado foi muito melhorada com a introdução do Sistema Bolsista de Liquidação e Compensação Central (CCASS) em junho de 1992 e pelo Sistema Automático de Correspondência de Pedida e Execução (AMS) em novembro de 1993. Desde então, o enquadramento das regras e regulações do mercado, ambas as bolsas administradas ou caso contrário, tendo passado por avaliações e revisões continuas para irem de encontro às necessidades em mudança do mercado, enquanto asseguram a efetiva regulação do mercado.

As Regras de Listagem Bolsista foram tornadas mais completas, e outras regulações existentes foram melhoradas ou foram introduzidas novas regulações para melhorar o desenvolvimento do mercado e proteção do investidor. As melhorias também foram realizadas na infraestrutura do sistema, incluindo o lançamento de terminais de transação no piso em nos escritórios de corretores em janeiro de 1996. A terceira geração do sistema de transação, AMS/3, foi lançado em 2000. Irá fornecer funcionalidade melhorada e uma plataforma direta para o processo de transação. No que diz respeito ao mercado e desenvolvimento do produto, existem listagens da primeira garantia derivada em fevereiro de 1988, a listagem do primeiro empreendimento incorporado chinês (H share) em julho de 1993; e a introdução de vendas curtas reguladas em janeiro de 1994 e opções de ações em setembro de 1995. Além do mais, a Bolsa introduziu o Mercado de Crescimento Empresarial (GEM) em novembro de 1999, para fornecer oportunidades de angariação de fundos para empresas em crecimento de todos os tamanhos e todas as industrias, e para promover o desenvolvimento de indutrias de tecnologia na região. Contudo, para corresponder ao desafio dos avanços tecnológicos, a globalização dos mercados financeiros internacionais e as necessidades dos cada vez mais sofisticados investidores, quer locais como estrangeiros, é necessária um reforma fundamental da existente estrutura do mercado. De acordo com o plano de refoma anunciado em março de 1999, a Baolsa de Futuros de Hong Kong Futures e as suas casas de compensação irão fundir-se numa nova empresa de holding, a Hong Kong Exchanges e Clearing Limited. A nova empresa de holding irá em última análise procurar um listagem na Bolsa.