Bolsa de Singapura

A Bolsa de Singapura Limitada (SGX, SGX: S68) é uma empresa de investimento de holding localizada em Singapura e fornece diferentes serviços relacionados com transação de valores mobiliários e derivados e outros. A SGX é um membro da Federação Mundial de Bolsas e da Federação da Ásia e da Oceânia de Bolsas de Valores.

A Bolsa de Singapura transaciona continuamente das 09.00 às 17.00. Desde 1 de agosto de 2011, a Bolsa de Singapura introduziu transações contínuas durante todo o dia para o mercado de valores de mobiliário. Como resultado, a pausa para almoço, entre as 12.30 e as 14.00, foi anulada.

Formação da SGX

A SGX foi formada a 1 de dezembro de 1999 como empresa de holding. O capital social das anteriores empresas bolsistas, nomeadamente a Bolsa de Valores de Singapura00 (SES), Bolsa Monetária Internacional de Singapura (Simex) e Compensação de Títulos e Serviços de Computador Pte Ltd (SCCS) foram canceladas e as novas ações emitidas nestas empresas foram totalmente pagas pela SGX. Desta forma, todos os ativos anteriormente da propriedade destas três empresas foram transferidos para a SGX. Os acionistas que anteriormente detinham ações na SES, Simex e SCCS receberam ações SGX acabadas de emitir.

Empreendimento Conunto

A 25 de setembro de 2006, a Bolsa Conjunta de Derivativos Asiática (JADE), um empreendimento conjunto entre a SGX e a Chicago Board of Trade (CBOT) passou a estar operacional. Contudo, este empreendimento conjunto foi cancelado em novembro de 2007, com o CME Groups vendenedo a sua parcela de 50% do empreendimento conjunto à SGX. Os contratos anteriormente transacionados na JADE foram transferidos para a plataforma de transação Quest da SGX.

Em agosto de 2009, a SGX formou uma parceria conjunta com a Chi-X Global, designada por Chi-East. No início de outubro de 2010, esta parceria conjunta recebeu aprovação da Autoridade Monetária de Singapura para operar uma plataforma de transação de dark pool.

Desempenho Financeiro

A partir de 31 de janeiro de 2010, a SGX tinha 774 empresas listadas com uma capitalização combinada de mercado de S$650 biliões. As receitas da SGX advêm principalmente do mercado de valores mobiliários (75%) e mercado de derivativos (25%).

A SGX reportou um lucro líquido de $165.8 milhões para a primeira metade do seu ano financeiro de 2010. Excluindo os itens não recorrentes, o lucro líquido foi 7% superior quando comparado com o 1H FY2009 ($159.2 milhões). No segundo semestre do ano financeiro de 2010, excluindo os itens não recorrentes, o lucro líquido foi de $77.0 milhões, foi 3% superior do que no ano anterior. O lucro de operação aumentou 6%, para $324.0 milhões (1H FY2009: $304.9 milhões).